A lição das vitrines

Recentemente passei por uma temporada na cidade de Londres e lá uma das coisas que mais me chamaram a atenção foram as lindas vitrines.

Elas não são usadas meramente para expor produtos, muito pelo contrário em algumas você nem os vê, mas ainda assim elas cumprem o seu papel, pois chamam a atenção, são iluminadas, coloridas e artísticas.

Eu sempre repito aos meus clientes que noivas são visuais, ou seja, elas precisam visualizar e se encantar antes de adquirir um produto ou serviço e infelizmente muitas empresas do mercado de festas tem dificuldades de atrair clientes exatamente por conta disso.

Então você pensa, isso não se aplica a minha empresa pois eu não tenho vitrine ou só vende serviços. Mas eu acredito que se aplica sim, afinal de contas toda a apresentação é importante, o seu site, seu cartão de visitas, seu material publicitário deve encantar o cliente e transmitir exatamente o que seu público deseja.

Na época em que eu prestava serviços de assessoria para festas, recomendei a uma cliente um fotografo, ela entrou no site para conhecer o trabalho mas não deu andamento ao pedido de orçamento, posteriormente ela me informou que usava o site da empresa/profissional como referência para saber se o fornecedor tinha bom gosto e estava dentro do padrão que ela desejava para o seu evento.

Essa é a lição que as vitrines de Londres nos dá: a forma como nos apresentamos aos clientes é fundamental para o diferencial e sucesso do negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *