Quer valorizar o seu trabalho? Então não seja o primeiro a menospreza-lo

Vez por outra a maioria dos profissionais (não importa o segmento) se depara com clientes que tentam colocar preço em seu trabalho e são esses mesmos clientes que tendem a determinar como deve funcionar o serviço que será prestado, muitas vezes até desejando fazer diversas alterações no contrato.

Porém o mais triste disso tudo é que muitos profissionais acabam se sujeitando a isso, e eu sei por experiência própria e pelas histórias que já ouvi de muitos outros colegas de profissão e parceiros que são esses mesmos clientes que trazem mais transtornos e dificuldades.

Por isso é neste momento que devemos nos posicionar como empreendedores conscientes, que podem sim negociar com o cliente mas nunca entregar a ele o poder de definir qual o valor do nosso trabalho, afinal de contas devemos nos lembrar que existem muitos outros custos envolvidos na prestação de um serviço como os impostos que devem ser pagos, sua estrutura (como escritório, materiais, internet, telefone), as noites de sono perdidas, os finais de semana longe de familiares e amigos e até a sua aposentadoria. Explique para o cliente o porque dos seus valores e se ainda assim o cliente persistir não hesite em dispensar o trabalho, afinal de contas se ele não valoriza os seus préstimos é porque ele não é o cliente certo para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *